SOl 2021 posts assinados DCX MAR_BLOG 750x500
DCX – 4 dicas para gerenciar a experiência digital do cliente
março 24, 2021
Chegamos à era dos superapps
março 31, 2021

Cidade no interior de Pernambuco é a primeira a implantar passaporte imunológico digital no Brasil

Desenvolvido pela startup franco-brasileira Mooh Tech, o aplicativo chamado Chronus i-Passport teve o seu desenvolvimento tecnológico acelerado com o apoio da tech partner Solutis
24 Mar, 2021

A Solutis, parceira tecnológica que sustenta a jornada digital de seus clientes, fechou contrato com a startup de tecnologia Mooh Tech. Pelo acordo, a empresa apoiará iniciativas de pesquisa e desenvolvimento, bem como decisões estratégicas para acelerar a evolução da solução de profilaxia do novo cliente, nesse primeiro momento focada na Covid-19.

Atualmente instalada no Inovabra Habitat, espaço de co-inovação do Bradesco, a Mooh Tech surgiu em 2016 sob a proposta de utilizar a tecnologia para criar um mundo melhor de se viver. Inicialmente pensando em segurança, criou a plataforma ‘Sempre Alerta’, destinada ao controle de crimes em geral, mas especialmente daqueles relacionados à feminicídio e racismo. Depois veio o ‘Torcedor Alerta’, por meio do qual torcedores podem denunciar atividades suspeitas relacionadas a brigas entre torcidas. Os aplicativos ganharam terreno e hoje são utilizados em cidades no Japão, França, Espanha, Portugal, Uganda, Brasil, entre outras.

O algoritmo de segurança por trás desses aplicativos foi patenteado pela Mooh Tech, dando origem à plataforma Chronus. Assim, desde o fim de 2020, a startup passou a atuar sob o conceito de super aplicativo, em que utiliza o Chronus como plataforma para a integração de diferentes funcionalidades destinadas a transformar a forma como as pessoas realizam inúmeras tarefas rotineiras.

Chronus i-Passport

Uma dessas funcionalidades é o i-Passport, um passaporte imunológico digital que já está em uso na cidade de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco. Inicialmente, o passaporte vem sendo utilizado pelos profissionais de saúde e será ampliado para toda a população de Afogados, à medida que esta for sendo imunizada. O Chronus i-Passport permite um sistema de identificação e proteção profilática. “A ideia é que o documento digital viabilize a implantação de infraestrutura adequada e necessária ao retorno dos cidadãos às atividades cotidianas de forma segura e organizada. Essa é uma ação progressiva e contínua para restabelecer a normalidade social”, afirma Everton Cruz, co-fundador da Mooh Tech.

A carteira digital registra informações como vacinas e resultados de testes, tendo a funcionalidade de um cartão de vacinação e um passaporte, aliada à agilidade e praticidade de um aplicativo de celular. “O propósito da Mooh Tech é sempre contribuir para o desenvolvimento de um mundo melhor. O combate à violência é essencial para diminuir a desigualdade. Agora, acelerar o controle da pandemia é fundamental para reativar a economia e conter o avanço das desigualdades o mais rapidamente possível”, afirma Everton Cruz, co-fundador da Mooh Tech.

O i-Passport roda sobre o Chronus e surgiu em março de 2020 para controlar a vacinação contra a Febre Amarela. Com o agravamento da pandemia de Covid-19, no entanto, precisou ter o seu foco alterado e o desenvolvimento acelerado para atender às necessidades de profilaxia da nova doença.

“Escolhemos a Solutis para nos ajudar no processo de reestruturação de segurança da plataforma e da jornada do cliente. É nosso fornecedor de infraestrutura de segurança da informação e implementação de melhorias evolutivas, para nos apoiar nas melhores decisões de aperfeiçoamento do aplicativo”, detalha Cruz, revelando que o alinhamento de valores, a flexibilidade, a capacidade técnica e a velocidade imprimidas pela Solutis foram fundamentais para a decisão.

Estádios e aeroportos

A Solutis também tem dado o suporte à Mooh Tech no desenvolvimento de uma estratégia de integração de funções para a ampliação de uso do i-Passport. Cruz revela que a Confederação Brasileira de Futebol e a Federação Pernambucana de Futebol já trabalham para adotar a carteira digital para garantir a segurança do público em eventos como jogos da seleção brasileira de futebol e partidas do Campeonato Pernambucano.

A solução também pode ser implementada para apoiar o controle e segurança de passageiros em aeroportos brasileiros.

O aplicativo

A Mooh Tech doa a cessão de uso do i-Passport aos governos estaduais e municipais, que disponibilizam as informações de vacinação para que sejam carregadas no banco de dados da solução. Do lado do usuário, o aplicativo está disponível para download em aparelhos rodando iOS e Android.

Desta forma, organizadores de eventos, comitês esportivos e empresas, por exemplo, podem utilizar a solução para gerenciar a vacinação de colaboradores, bem como para controlar o acesso de pessoas a locais públicos. O aplicativo cria um QR code para cada usuário, a partir do qual é possível verificar o status de sua vacinação. “É como uma carteira de vacinação eletrônica, atualizada com dados oficiais”, explica Cruz.

Fomento à co-inovação

“O acordo estabelecido com a Mooh Tech vem ao encontro da proposta da Solutis de fomentar continuamente a co-inovação junto a startups, focando também no impacto positivo para a sociedade e a vida das pessoas”, afirma Paulo Marcelo, CEO da Solutis. No fim de 2019, a companhia anunciou sua entrada para o Inovabra Habitat, espaço de coinovação do Bradesco, visando justamente promover projetos que atendam às demandas do mercado por soluções que entregam resultados aos clientes e benefícios à população.

Leia no Saúde Business

Publicações