sol solutis edge computing acelera_blog
Como a edge computing está acelerando o processamento de dados
abril 18, 2022
Open-Finance-e-o-futuro-dos-bancos---750x500
Open Finance e o futuro dos bancos
maio 18, 2022

Cloud Computing e DevOps: por que são melhores juntos?

750X500_BLOG_SOL_CLOUD

Um enfoque DevOps representa a melhor alternativa para potencializar os benefícios e vantagens proporcionadas pela Cloud Computing e otimizar custos. De acordo com um relatório da TI Freeform Dynamics, quando os dois modelos são usados separadamente a entrega de software é acelerada em pouco mais de 50%; no entanto, quando combinados, há uma aceleração de 81%.

Paralelamente, vale destacar que o mercado global de DevOps deve atingir US$ 12,85 bilhões até 2025, segundo estudo da Grand View Research, com um crescimento anual de 18,6% ao longo desse período. Essa expansão, vale ressaltar, tem como principal motor a tendência cada vez maior de automatização de processos de negócios em empresas e organizações — assim como a crescente adoção de Cloud Computing.

O fato é que as pessoas, por sua vez, também estão mudando, ou seja, lançando mão de estruturas ágeis para instituir um ambiente cada vez mais colaborativo entre os times de TI e elevar a eficiência operacional. Para todos os efeitos, em que pesem os benefícios que a nuvem proporciona ao eliminar barreiras e fricções quanto ao desenvolvimento e entrega de softwares, a união com DevOps traz mais agilidade e automação às organizações — além de considerável redução de custos.

DevOps: Mais satisfação para o cliente

Isso significa que, quando os aplicativos são migrados para a nuvem, surge uma boa oportunidade para modernizar a plataforma de hospedagem e, dessa maneira, aproveitar seus serviços. E as abordagens de DevOps, nesse sentido, podem ser utilizadas para reduzir a complexidade da manutenção por meio da automatização das tarefas de rotina. Além disso, a escalabilidade on demand possibilita a simplificação da entrega e implantação do software.

Tais melhorias, é importante destacar, proporcionam mais tempo e disponibilidade para inovações e, ainda, mais atividades para agregar valor aos clientes — tornando-os, por consequência, mais satisfeitos. Os desenvolvedores, assim, passarão mais tempo desenvolvendo, enquanto a equipe de operações pode atuar de maneira estratégica em vez de lidar com eventos não planejados — ou, em outras palavras, apagar incêndios.

Melhor operabilidade com Cloud + DevOps

A associação dos princípios de DevOps com a adoção da Cloud Computing também proporciona uma rota mais integrada e focada à maturidade operacional. Por meio das melhores práticas, ao ajustar as decisões e prioridades relacionadas aos processos DevOps — com revisões bem definidas —, é possível rearquitetar os sistemas de maneira direcionada e ordenada, a fim de preparar a operacionalidade que suportará (e acomodará) o crescimento da organização.

Menor custo de ownership

Aqui é importante observar que redução de custos vem se tornando umas das principais preocupações dos CTOs (Chief Technology Officers) à medida em que a adoção na nuvem aumenta. Afinal, os ambientes tradicionais de servidores locais são, geralmente, superprovisionados para fornecer capacidade suficiente em picos de demanda. Contudo, dependendo do setor, esse  tráfego pode aumentar anualmente (como, por exemplo, na Black Friday) ou com mais frequência (supermercados em fins de semana).

Mais: esses ambientes também podem atingir picos inesperados em outros momentos por razões imprevisíveis. Porém, mesmo que os servidores sejam desligados fora dos horários de pico para economizar energia, o espaço do rack ainda estará sendo pago — assim como o provisionamento de rede e as licenças de software.

O DevOps, todavia, pode mudar esse cenário ao aproveitar a rápida elasticidade oferecida pela Cloud Computing ao máximo. A automatização de partes importantes do provisionamento, assim como a implantação de aplicativos e orquestração, permitem que a organização pague apenas pela capacidade utilizada, reduzindo gastos desnecessários e mantendo o custo de ownership baixo.

Uma relação simbiótica — e altamente benéfica

Para todos os efeitos, portanto, pode-se dizer que Cloud Computing e DevOps possuem uma relação simbiótica — e bastante vantajosa para empresas. Outros benefícios provenientes da associação entre as duas abordagens são:

  • Otimização de processos de infraestrutura;
  • Garantia de qualidade por meio de automatização da validação de códigos;
  • Eliminação de códigos e aplicações redundantes, além de backups realizados corretamente e com segurança;
  • Aprimoramento do canal de comunicação, integração e orquestração entre as equipes de desenvolvimento e infraestrutura;
  • Desenvolvimento maduro e colaborativo em todas as etapas.

Finalmente, é muito importante considerar que, ao introduzir o DevOps em conjunto com a adoção de Cloud Computing, as organizações obtêm outra grande (e inestimável) vantagem, que vai além da redução de custos e aceleração da inovação: os colaboradores tornam-se mais felizes, motivados e engajados. Tal aspecto, vale destacar, é essencial para o estabelecimento de uma cultura de melhoria contínua — e proporciona grandes vantagens do ponto de vista comercial.